Artefatos > Conjunto de Artefatos de Requisitos > Visão


Visão

Em Visão, é definida a visão que os envolvidos têm do produto a ser desenvolvido, em termos das necessidades e características mais importantes. Por conter uma descrição dos requisitos centrais pretendidos, ela proporciona a base contratual para requisitos técnicos mais detalhados.
Papel: Analista de Sistemas
Templates:
Exemplos:
Mais Informações:

Entrada para Atividades: Saída de Atividades:

Finalidade Início da página

O documento de Visão fornece uma base de alto nível - algumas vezes contratual - para os requisitos técnicos mais detalhados. Também pode conter uma especificação de requisitos formal. O documento de Visão captura restrições de design e requisitos de nível muito elevado para que o leitor possa compreender o sistema a ser desenvolvido. Ele fornece informações para o processo de aprovação do projeto e, portanto, está intrinsecamente relacionado ao Caso de Negócio. Ele comunica os principais questionamentos relacionados ao projeto e funciona como um regulador com base no qual todas as decisões futuras deverão ser validadas.

O documento de Visão será lido pelos papéis de gerentes e autoridades financeiras da modelagem de casos de uso e pelos desenvolvedores em geral.

Ocorrência Início da página

O documento de Visão é criado no início da fase de Iniciação e é usado como base para o Caso de Negócio (consulte Artefato: Caso de Negócio) e para o primeiro esboço da Lista de Riscos (consulte Artefato: Lista de Riscos).

O documento de Visão serve como base para a modelagem de casos de uso. Ele é atualizado e mantido como um artefato separado durante todo o projeto.

Responsabilidade Início da página

O analista de sistemas é responsável pela integridade do documento de Visão, garantindo que:

  • O documento seja atualizado e distribuído.
  • As informações fornecidas por todas as partes interessadas sejam consideradas.

Informações Adicionais Início da página

A visão de um projeto pode ser alterada à medida que aumenta a compreensão dos requisitos, da arquitetura, dos planos e da tecnologia. Entretanto, o ritmo dessa mudança deve ser lento e normal durante a fase inicial do ciclo de vida.

É importante expressar a visão em termos de seus casos de uso e principais cenários à medida que eles são desenvolvidos, para que você possa verificar como a visão é realizada pelos casos de uso. Os casos de uso são também uma base eficaz para a evolução de um conjunto de casos de teste.

O autor original pode ser qualquer pessoa, mas, quando o projeto é estabelecido, o documento de Visão passa a ser responsabilidade do analista de sistemas.

Outro nome usado para esse documento é Documento de Requisitos do Produto. 

Adaptação Início da página

As adaptações são necessárias para que as necessidades de seu projeto sejam atendidas.  Geralmente, uma boa prática é ter um documento de Visão sucinto, que possa ser entregue aos envolvidos o mais rápido possível e que possa ser revisado e compreendido facilmente por eles. Para fazer isso, inclua apenas as solicitações e características mais importantes definidas pelos envolvidos e evite requisitos detalhados. Os detalhes poderão ser capturados em outros artefatos de requisitos ou em apêndices.

Decida se os atributos dos recursos serão documentados aqui ou no Plano de Gerenciamento de Requisitos. Decida quais informações (atributos) serão incluídas no documento de Visão e quais serão gerenciadas com ferramentas de gerenciamento de requisitos, como Rational RequisitePro (consulte Mentor de Ferramentas: Desenvolvimento de uma Visão Usando o Rational RequisitePro®).

Copyright  (c) 1987 - 2001 Rational Software Corporation


Exibir o Rational Unified Process usando quadros

Rational Unified Process